Seminário Diocesano

História

O Seminário Diocesano Nossa Senhora Mãe da Igreja de Presidente Prudente (SP) foi construído a partir da chegada do primeiro bispo diocesano, Dom José de Aquino Pereira, que viu a necessidade de construir um Seminário Menor para aqueles que desejassem ser preparados para o sacerdócio. O início da construção teve o auxílio do clero de Assis.

O atual terreno do Seminário foi adquirido pela Mitra Diocesana em maio de 1961, do Sr. João Turato e Dona Elisa Lauro. A partir de então, Dom José de Aquino viabilizou o projeto de construção do Seminário e passou a coletar doações para o início da obra.

No dia 14 de setembro de 1963, no 46º aniversário da cidade de Presidente Prudente, durante a festa com a presença de padres e autoridades, a Diocese presenteou a cidade com o lançamento do Seminário Diocesano. Pouco mais de dois anos depois, em 19 de março de 1966, na festa de São José, foi inaugurada a primeira ala no Seminário.

A denominação dada ao Seminário Diocesano vem do título dado à Maria Santíssima: Nossa Senhora Mãe da Igreja, que é, mencionado na Constituição Dogmática Lumen gentium do Concílio Vaticano II, e também é o nome da paróquia a qual o Seminário pertence.

O curso Propedêutico, que possui grade curricular específica, inclusive com coordenação pedagógica própria, teve início em 1979 e corresponde àquela fase intermediária entre o Seminário Menor e o Seminário Maior e prepara, principalmente, aqueles que entram no Seminário Maior sem ter feito nele o Ensino Médio.

Documentário

Em 2016, a Faculdade de Comunicação Social da Universidade do Oeste Paulista (Unoeste) em parceria com o Seminário Diocesano de Presidente Prudente, produziu um videodocumentário chamado “Eis-me aqui” que conta a história dos 50 anos do Seminário.

Videodocumentário “Eis-me aqui”

* Com informações do livro Polianteia Diocesana

SEMINARISTAS 2020

1º ano do Ensino Médio

2º ano do Ensino Médio

3º ano do Ensino Médio

1º ano do Propedêutico

2º ano do Propedêutico

Onda Viva